Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Apanhar a Onda!

'O homem justo não é o que não comete nenhuma injustiça, mas aquele que, podendo ser injusto, não o quer ser.'

A Apanhar a Onda!

'O homem justo não é o que não comete nenhuma injustiça, mas aquele que, podendo ser injusto, não o quer ser.'

José Saramago, Morreu!!

 

"O maior, o mais internacional, o mais militante, o mais polémico dos escritores portugueses faleceu hoje"


Adeus Saramago - 1

 

 

"(...) Há três passos centrais na biografia de José Saramago: Em primeiro lugar, no lugar onde nasceu, a 16 de novembro de 1922, para Lisboa, cenário de várias experiências profissionais antes de se consagrar às Letras, em segundo dirigiu-se de Lisboa até Estocolmo, para receber o primeiro Nobel da Literatura em Língua Portuguesa, em último lugar de Lisboa para Lanzarote, em 1993, por diferendo com o poder cultural de então.

A história desse diferendo veio amplamente contada nos jornais. Em síntese: o então subsecretário de Estado da Cultura, António Sousa Lara, vetou a candidatura do romance "O Evangelho segundo Jesus Cristo" a um prémio literário internacional.

Alegou o governante que era "ofensiva" para os católicos portugueses a tese defendida por Saramago no romance.

Por motivos religiosos, como neste caso, ou socio-políticos, como quando em 1994 a maioria (PSD) da Câmara de Mafra considerou o "Memorial do Convento" prejudicial para a imagem da vila e rejeitou dar o nome do escritor a uma escola secundária local, algumas das obras de Saramago geraram incomodidade ou suscitaram leituras extrapoladas do texto literário.

A par da sua militância comunista, por muito que nem sempre aplicadamente ortodoxa, era característico de Saramago o tom "sem papas na língua", dentro e fora de Portugal, quando desaprovava práticas e políticas que a seu ver transgrediam normas consagradas nas legislações nacionais e nos tratados e convenções internacionais. (...)"

 

Mais informações:  http://noticias.pt.msn.com/imagens/gallery.aspx?cp-documentid=153823553